16 de mai de 2007

PEDIDOS AO AMOR...



Pedidos ao amor...

Ao amor peço cuidado:
Não venha de todo, de pronto instalar-se;
deixe um pouco de si para outros momentos,
para que o encanto ao encontrá-lo,
não venha perder-se!

Do amor espero tato:
Saiba mostra-se e esconder-se
para assim semi oculto em mistérios
possa dar-me a chance de decifrá-lo!

Para o amor desejo paciência:
Não tente de todo ter-me descortinado,
permita-me algumas reticências...
Para que após uma e outra
eu possa surpreendê-lo,
e assim sempre encantá-lo!

Edvaldo Rosa
05/05/2007

2 comentários:

Charlyane Mirielle disse...

Passando pra conhecer este belo jardim...
Parabéns !


Beijos

KATHLEEN LESSA disse...

Querido, brilhante!

Eu também espero que o ampor sempre chegue de mansinho, com tato...
Beijos,
Kathleen