18 de mai de 2007

SOLIDÃO!


Solidão!

É quase manhã lá fora,
e nas brumas de meu quarto,
nas dobras da colcha em meu leito,
nas roupas amarrotadas de agora
estão tudo o que sinto...
Noite mal dormida,
insonia opressora,
pensamentos que vão e vem
sem parada...
Sentimentos ensagües
olhos banhados em lágrimas...
É quase manhã agora,
mas em mim a noite ainda impera!
E espera,
que um sol lhe tome o lugar
e reine!
Onde estas agora,
para onde levaste meu amor?
Onde o calor de teus braços?
Onde o ardor de teus beijos?
Onde o saciar de desejos?
Onde?


Edvaldo Rosa
WWW.SACPAIXAO.NET
28/04/2007

__________________________________________________

Nenhum comentário: